quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

A dieta

Há dias encontrei esta noticia  e lembrei-me de que ainda não vos tinha falado da minha dieta. Como já disse aqui, pesquiso imenso sobre dietas e vida saudável e a cada coisa que leio percebo que este tema é mesmo "cada cabeça sua sentença". 
Dieta sem hidratos faz mal, dieta com hidratos não tem resultados, sim ao dia da asneira, não ao dia da asneira e entre estes exemplos, muitos outros existem.
Posto isto, vamos lá à minha dieta. Fui ao nutricionista, onde já tinha ido quando era mais nova e onde obtive bons resultados. E a minha dieta consistia no quê? Ora era uma dieta normal: carnes brancas, peixe, legumes, sopa sem batata, fruta, um bom pequeno almoço, lanches e 1,5L de água por dia. O que é que falta aqui? Sim, eu fiz uma dieta sem hidratos de carbono (quando digo hidratos refiro-me a batata, massas e arroz). Se resultou? Sim e muito bem até. Mas é importante referir que eu durante a perda de peso fui uma preguiçosa e não mexi o rabo, não fiz exercício nenhum. Só me lembrei disso quando já me faltavam apenas 3 ou 4 kg para o peso que tenho agora. 
Fiz análises e a saúde está boa e recomenda-se. Por isso, não concordo quando dizem que uma dieta sem hidratos faz mal à saúde. 
Quando comecei a fazer exercício comecei a comer hidratos de carbono, primeiro só nos dias em que tinha treinos mais intensos (comecei a ingeri-los aos poucos por opção própria, uma vez que tive 1 ano e meio sem os consumir achei por bem consumi-los com calma e em pequenas doses para o corpo se habituar novamente aos hidratos de carbono). Agora consumo-os ao pequeno almoço (pão integral ou cereais) e ao lanche se for treinar antes de jantar. Se comer ao almoço já não como ao lanche, mesmo que vá fazer exercício. 
Um problema também associado às dietas sem hidratos de carbono é que quando os voltamos a ingerir, engordamos. Eu li muito sobre isto, porque foi realmente um dos meus maiores medos. Mas por enquanto (já lá vai quase 1 ano) está a correr bem. Tenho atenção a quando os como e se vou treinar ou não para controlar as doses. A verdade é que vivo bem sem eles, até porque nunca gostei muito de batatas nem de massa. Senti falta do pão e dos cereais ao pequeno almoço, porque me enjoava de comer sempre a mesma coisa, mas isso já é um problema ultrapassado.
Isto para dizer que, uma vez que a minha experiência correu bem, eu sou a favor das dietas sem hidratos de carbono. Comigo resultou, não me senti mal, não engordei quando os voltei a consumir. Só acho que tem uma pequena desvantagem: no meu caso, enquanto estava na dieta comer hidratos de carbono era "uma asneira", por isso, quando voltei a introduzi-los na minha alimentação, sempre que os comia pensava "ai estou a comer arroz, agora tenho de ir treinar". Isto nunca foi uma obsessão mas a verdade é que sempre que estou a comer hidratos tenho a sensação de peso na consciência, por estar a comer lago que não devia. Quando agora já posso e devo!
Mais alguém fez uma dieta sem hidratos de carbono? Há alguém 100% contra?

Sem comentários:

Enviar um comentário